10 de abril de 2017 / by Filipe Rodrigues">Filipe Rodrigues / Facebook Marketing / No Comments

Como gerar leads qualificados pelo Facebook

Gerar leads não é suficiente, gerar leads qualificados é necessário

Você provavelmente já sabe o que é um lead, mas vamos relembrar: um lead é o contato de algum cliente em potencial. É o contato de alguém que demonstrou interesse por sua marca/produto/serviço. Geralmente é o nome e email e telefone. Dependendo do seu negócio você pode ter mais dados, como cargo e gênero. Agora vamos hoje ver nesse post como gerar leads qualificados utilizando o Facebook e porque você deve expelir dos seus anúncios e landing pages quem você não quer que entre na sua lista.

Okay, agora sabemos que para fazer negócio precisamos ter pessoas interessadas no que vendemos. É essencial. Por isso gerar leads é uma parte fundamental do nosso funil de vendas.

 

Funil no Facebook

Funil no Facebook

 

Nesse funil acima a geração de leads se econtra na camada de “interesse”. Eu recomendo fortemente que você quando esteja criando seu funil crie uma camada superior, a de “atenção”, com algum vídeo ou publicação patrocinada para atrair os públicos frios. No entanto, nem sempre isso é necessário. Isso mesmo, algumas vezes você pode começar uma campanha para gerar  leads diretamente para um público frio e funcionar incrivelmente. Sim, acontece. Vale testar.

 

Agora nesse post eu quero discutir com você 3 pontos cruciais para seu sucesso ao gerar leads pelo Facebook, eles são o público, o anúncio e a landing page. Vamos à eles.


Público

O público na qual você vai oferecer algo em troca do contato das pessoas é o primeiro ponto fundamental. Por isso é interessante aquecer as pessoas antes, com um vídeo ou post, assim você já terá pessoas interessadas no que você faz para oferecer aquele Ebook, webinário, checklist, livro, enfim, a recompensa pelos dados da pessoa. Mas com disse antes, às vezes você pode ter um público muito bem segmentado, seja por interesses ou um público semelhante que irá responder muito bem. Vale a pena testar. E agora, como saber se seu público é bom? Testando. Seus primeiros públicos serão um “tiro no escuro”, ou seja, você não terá certeza até ter a campanha rodando. Conforme você tiver resultados você poderá analisar as métricas, como cliques e taxa de conversão. Além disso, veja o feedback negativo e positivo e a relevância do seu anúncio.

Quanto tiver uma lista de qualidade, você pode também criar públicos semelhantes que são muito poderosos (e de certa forma acurados no Facebook).

 

Anúncio

Acho que o anúncio é muito vezes subestimado quando falamos de geração de leads. Claro, eu sei que você se preocupa com seus anúncios, mas há um ponto fundamental nele que podemos estar esquecendo: como expelir quem não queremos. “Como assim?” você pode estar se perguntando. Certo, você faz um anúncio bonito e chamativo para atrair as pessoas do público que você direcionou. Agora, você pode estar captando leads que não são responsivos. São apenas pessoas curiosas que estão ali só pra dar uma olhadinha. No final, eles não serão seus clientes.

Eu também sei que um funil serve pra você ter um fluxo contínuo de pessoas, e que nem todo mundo está pronto para comprar no momento que você faz uma oferta. Normal. Só que você quer maximizar isso. Você quer maximizar sua taxa de conversão. E pra isso é preciso ter leads qualificados. Menos leads qualificados > mais leads curiosos.

Por isso no seu anúncio, no texto e na imagem, e na sua recompensa também (ebook, checklist, etc) deixe bem claro pra quem é e para quem NÃO é aquilo. Já faça um “filtro” ali mesmo. Isso vai te salvar algumas frustrações ao longo do caminho. E agora sendo mais racional, vai te economizar alguns envios de emails pra quem não quer te ouvir.

 

Landing page

Landing page, página de aterrisagem, página de captura, o que quer que chame, é a página que a pessoa acessa quando clica no seu anúncio.

OBS: nunca envie as pessoas para sua homepage, nunca. Você deve enviar elas para uma página que faça sentido com o anúncio, ponto.

Voltando, a landing page deve ter alguns pontos que facilitem a ação do usuário. Eles são:

  • Gancho/headline: tenha um bom ganho, uma frase que chame a atenção. Atrele este ganho ao anúncio, eles tem que ser condizentes, podem até ser o mesmo no anúncio e na landing page
  • Imagem/vídeo: se possível, adicione um vídeo ou imagem que reflita o que é a recompensa. Por exemplo, um ebook, coloque a capa dele.
  • Formulário: coloque somente os campos necessários para as pessoas enviarem. Geralmente são o nome e email (e telefone). Se precisar de mais algum dependendo do seu negócio, coloque. Mas foque sempre no que é essencial. As pessoas tem cada vez menos tempo e mais pressa. Facilite para elas.
  • Contraste: facilite para as pessoas encontrarem o que é importante. Faça bom uso das cores e do contraste. Não forçe a barra com cores fortes demais, e também não deixe seu formulário parecer somente um texto. Use as cores e contraste a seu favor.

A landing page tem que facilitar as coisas para seus leads e fazer com as pessoas a preencham da forma mais fácil e rápida possível, identificando o que se tem a fazer ali de imediato. Sim, eu uso setas.

Outro ponto, descreva novamente aqui na landing page pra quem é isso e para quem não é. Filtre seus leads.

DICA: Página de Obrigado

Depois que as pessoas preenchem o formulário na landing page, você tem a chance de falar com elas. E o melhor, elas acabaram de se conectar com você, de querer algo que você oferece. Utilize a página de obrigado com um vídeo (se não puder, use um bom texto) convidando as pessoas para abrir seu email e te adicionar como um contato seguro. Algumas dicas adicionais para sua página de obrigado:

  • Ofereça algo para as pessoas como participar do seu grupo no Facebook (ou comunidade em X lugar)
  • Venda algo para as pessoas
    • Sim, eu vi isso recentemente e fiquei intrigado. E é algo interessante, as pessoas que se inscreveram já tem algum interesse no que você oferece. Sendo assim, você pode falar “já que você tem interesse sobre X, eu tenho um produto/serviço Y que pode te ajudar e você pode tê-lo agora mesmo clicando no link Z abaixo.”
      Eu recomendo você a oferecer algum produto de entrada, não o produto que você provavelmente irá oferecer na sua sequência após a pessoa entrar na sua lista. Assim, você já gera um caixa e cria clientes -> que tem mais chances de comprar novamente de você depois (se seu produto/serviço for realmente bom) .

 

Conclusão

Vimos aqui os três pontos que eu considero essenciais para gerar leads qualificados no Facebook. Lembrando que você também deve saber otimizar suas campanhas. Nesse post eu falei mais sobre isso.

Lembre-se também de definir dois avatares, seu cliente ideal e seu cliente não ideal. Assim você conseguirá atrair quem você quer e repelir quem você não quer. Maximize seu investimento.

E por fim, tudo é teste. Como tudo na vida, com o tempo você vai melhorando (ou ao menos deveria haha).

 

É isso por hoje! Um grande abraço.

 

Agora se você quer gerar melhores leads e reduzir seus custos, eu recomendo fortemente que assista esta aula que fiz sobre o tema. Nela eu discuto por 1 hora como você pode fazer isso funcionar da melhor maneira levando em conta os 3 pontos mencionados aqui e também falo sobre otimização. Clique aqui para assistir.

 

 

Deixe aqui nos comentários suas reflexões e como você gera leads hoje no Facebook.

Compartilhar

Pesquisar

Tópicos recentes

Categorias

Facebook

WordPress Contact form