Como o Facebook Funciona

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Como o Facebook Funciona: Desvendando o EdgeRank

Vamos ver nesse post como o Facebook funciona, o que é EdgeRank e o que você pode fazer para trazer resultados a seu favor.

Vamos nessa. Não sei se já aconteceu com você, mas comigo sempre ocorre. Paro por um instante para dar uma olhadinha no Facebook e lá se vão preciosos minutos do meu dia. Como é possível!?

Pois bem, o Facebook possui um algoritmo muito inteligente que sabe o que é mais relevante para cada um de nós. Por isso paramos por um instante e ficamos minutos por lá. Ele mostra o que queremos ver. Esse algoritmo é conhecido com EdgeRank.

O EdgeRank monitora tudo que uma pessoa faz na rede social, como por exemplo:

  • Cliques
  • Fotos visualizadas
  • Páginas curtidas, posts curtidos (e reações)
  • Comentários
  • Compartilhamentos
  • Tempo parado olhando algum post (foto, vídeo, texto)
  • Tudo e mais um pouco

Como é um algoritmo ele tem sua fórmula.

Fórmula do EdgeRank
Fórmula do EdgeRank

E -> edges
u -> afinidade entre o criador de conteúdo e o consumidor
w -> peso da interação (curtir, compartilhar, comentar)
d -> tempo da publicação

Utilizando esta fórmula e todos os fatores o Facebook cria um peso (um valor) de um usuário para outro (de amigo para amigo) e também de um usuário para uma página. Assim temos o EdgeRank.

O Facebook não revela o peso dos fatores bem como não se sabe ao certo quais são todos os fatores analisados, pois senão seria fácil manipular os resultados do EdgeRank.

Por isso que você vê mais posts de uma página e menos de outra (mesmo que elas postem a mesma quantidade de posts e nos mesmos horários em determinado dia).

Vejamos um exemplo

Digamos que você curtiu duas páginas no mesmo dia (Página X e Página Y). O Facebook vai então mostrar posts das duas páginas no seu Feed de Notícias já que ele ainda não definiu um EdgeRank entre você e essas páginas. Digamos então que você gostou mais dos posts da Página X e clicou em curtir, comentou, compartilhou, assistiu aos vídeos muito mais do que nos conteúdos da Página Y. Assim, seu EdgeRank com a Página X é maior do que com a Página Y. Assim o Facebook vai dar preferência em exibir conteúdos da Página X para você.

Então você fala “Mas isso não é justo…”. Pois bem, com centenas de amigos e quiçá dezenas ou centenas de Páginas curtidas, você teria um enxurrada de posts e vídeos passando no seu Feed de Notícias a cada instante. Seria impossível controlar. Esses filtros são desenhados para atender melhor as suas preferências e tornar a experiência do usuário cada vez melhor.

Okay, agora que você sabe disso como então utilizar isso a seu favor. Vamos lá. Como vimos, quando alguém curte uma página o Facebook mostra posts dessa página para começar a criar o EdgeRank desse usuário com a Página. Agora digamos que você não tem uma rotina de posts, ou quem sabe faz um post hoje e outro semana que vem. Quais as chances de ter um bom EdgeRank? Mínimas. Então se a ideia e ter um bom EdgeRank da sua Página com seus fãs é importante estar postando sempre e postando coisas interessantes para seu público de forma que eles engajam (curtam, compartilham, comentar, cliquem, etc). O que Facebook mais quer são pessoas na rede e por isso valoriza quem posta conteúdo engajante e de valor.

Moral da história: Poste frequentemente e com qualidade. Engajamento é o que o Facebook quer.

Alguns lembretes

  • Essa dica é altamente aplicável para quem quer ter uma boa presença no Facebook de forma orgânica e além disso alavancar a sua Página. Há alguns outros fatores a serem compreendidos, como o alcance das postagens das Páginas (os posts não alcançam todas as pessoas devido ao algoritmo do EdgeRank) e o uso de tráfego pago.
  • Para quem deseja utilizar o Facebook como ferramenta de tráfego, os anúncios (e seu uso correto) são mais importantes do que o engajamento propriamente dito da Página.

 

Se você gostou desse post, deixe seu comentário abaixo!

 

 

 

Deixe seu Comentário ou Dúvida

Sobre Filipe Navas

Formado em Tecnologia em Sistemas para Internet pelo Instituto Federal de
São Paulo, Filipe Navas é um amante de tecnologia e de viagens. Trabalha com Informática e Internet desde 2009 quando fez seu primeiro curso na área. Morou em Vancouver, Canadá, por 1 ano e meio, e já esteve em mais de 6 países. Sonha em conhecer o mundo e a ajudar mais pessoas a terem
sucesso nos seu negócios com as mídias digitais através de sua paixão por
tecnologia e empreendedorismo.